GERAÇÃO DE MÉDICOS

GERAÇÃO DE MÉDICOS

“Há anos é o sonho de nossa família desempenhar um papel importante no desenvolvimento mental, físico, emocional e vital na vida das pessoas , ampliando seus horizontes com novos caminhos que irão percorrer ao longo suas nossas vidas, através de “esperanças”, “sonhos” e “realizações”!

Através desta forma construtiva e elaborada de ver o mundo como um contexto único, repleto de nuâncias , expectativas e visões de “novos mundos”, temos o prazer de lhes apresentar um moderno contexto de se fazer a saúde prevalecer em nossos corações, vibrando o pêndulo escondido da sabedoria , do amor, da compaixão e da harmonia. Estas virtudes e valores foram esquecidos por milhares de anos e até “séculos”, para que pudesse aparecer a verdade diante de nós.

Com esta missão grandiosa, e ao mesmo tempo árdua e vivificante, temos a honra de apresentar a “Dhâranâ Medicina”, símbolo e essência dos conhecimentos ministrados pelos nossos mestres, afim de que vivêssemos com qualidade de vida.

Dhâranâ é um termo sânscrito que designa o sexto passo ou estágio do desenvolvimento espiritual do indivíduo, segundo o sistema filosófico denominado Ioga de Patânjali (200 a.C.), e consiste na “absoluta concentração da mente, com a total abstração dos sentidos, ou seja, o perfeito controle do pensamento”.

O objetivo da ioga é tornar a mente límpida e calma, isenta das paixões e dos desejos e apta à união com o Eu Interno. A palavra ioga, aliás, significa união, do mesmo modo que religião, do latim religare, significa religação ou “re-união” do que já esteve unido e desligou-se.

Segundo o nosso Prof. Henrique José de Souza, “O bem-estar de tua mente depende de teus pensamentos, tal como o de teu corpo dos bons alimentos que ingeres. Procura dominar a tua mente e dirige o pensamento a um ponto de concentração, retendo concomitantemente todos os sentidos para que não penetrem na mente pensamentos que vagueiam. Assim, conservando a calma e a persistência, purifica a tua alma, dirigindo tua consciência ao Absoluto, que é a base de todos os seres.”

Nossa caminhada teve início no século passado, com a imigração dos povos oriundos da Itália (Paternal – Família de Luca) e Portugal (Maternal – Família Castello Branco).”